quarta-feira, 8 de novembro de 2017

As Cidades mais Recptivas para o Turista LGBT

Hey aventureiros, tudo bom? Estava analisando a minha mudança no blog e percebi que falo pouquíssimo sobre viagem LGBT aqui no blog. Sei que no mês passado fiz um post falando sobre turismo LGBT (para quem não viu basta clicar aqui), mas a continuação só conseguiu sair do papel hoje. E em breve vou explicar o motivo. Mas hoje o assunto são as cidades que mais atraem os turistas LGBT no mundo e eu separei as cidades e vou falar um pouquinho delas para vocês. 



São Francisco – Estados Unidos
Talvez a cidade mais gay friendly seja essa, eu descobri que ela era assim depois de assistir a serie da HBO “Looking” que se passa na cidade de São Francisco. Eu adorei a serie e depois fui conhecer um pouco mais da cidade que é chamada de capital gay do mundo. Por ter tido nela um subprefeito gay o “Milk – A voz da Igualdade” que foi interpretado brilhantemente pelo Sean Pean (olha ai uma dica de filme muito, mas muito boa) e mostra como foi para ele ser eleito em 1997. Mas voltando a São Francisco, na cidade encontramos bandeiras do arco-iris enfeitando as janelas de apartamentos em vários bairros da cidade, temos a semana do orgulho gay que leva geralmente meio milhão de pessoas na parada do orgulho (que acontece no último domingo de junho) e também tem o bairro de Castro, que possui vários bares e lojas voltados para o público gay.


Amsterdã – Holanda

Se São Francisco é a capital americana, Amsterdã é a capital europeia dos gays (tenho que confessar que nunca me interessou ir conhecer a cidade, mas se pintar um convite estamos dentro). Em Amsterdã acontece a única parada gay sobre a água, invés de trio elétricos são barcos com super caixas de som mostrando o orgulho pela luta LGBT. E também temos o Dia da Rainha (dia 30 de abril) que é um dia dedicado a aquelas pessoas que foram perseguidas pelo nazismo em razão das preferencias sexuais.  A cidade também oferece uma gama de bares, restaurantes e hotéis que estão aptos para receber os turistas.


Rio de Janeiro - Brasil
E por último, mas não menos importante temos a nossa capital gay tupiniquim que é a minha cidade, meu Rio de Janeiro. Mas pera lá, realmente não sei se o Rio pode ser considerada a capital gay do Brasil, sim que temos uma rua cheia de bares LGBT (mas aqui as pessoas não espalham as bandeiras nas suas ruas e varandas de casa, talvez a nossa forma de demostrar o nosso orgulho seja conseguir andar de mãos dadas sem ninguém olhar estranho), temos festas, uma parte toda de uma praia em Ipanema que se junta com a rua LGBT (que oferece bares e restaurantes)mas o Rio é muito mas que praias e bebidas para turistas LGBTs existe agencias de turismo voltadas para nós que queremos fugir do roteiro praia, balada e bebidas ( eu mesmo estou criando um roteiro para nós gays que curtimos outras coisas além das faladas ai em cima). Temos também uma das maiores paradas do orgulho gay do mundo (que esse ano não vai acontecer, pois a nossa prefeitura está boicotando o evento).


** Apenas uma ressalva acho, sinceramente e do fundo desse meu coração que TODA pessoa deveria respeitar o outro independente da orientação sexual dele. Se você não consegue entender como duas pessoas do mesmo sexo se beijão, sentem amor uma pela outra ou convivem você com certeza está com um pensamento antigo. Afinal toda as formas de amor são validas. E você acha que eu nunca presenciei alguma gracinha comigo e com o Erick? Sim já escutei muitas coisas só que nunca deixei isso me abalar sabe por quê? Porque pessoas que descriminam as outras tem um pensamento fraco e para se sentir superiores precisam ofender alguém. Apenas reafirmo que homofobia ou qualquer tipo de fobia, que prejudique a vida do próximo é crime. Então aventureiros, espero que vocês tenham gostado desse post. Um beijo e até a próxima aventura!!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Meus Aventureiros