quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Resenha Teatral: Compulsão

Quatro pessoas completamente diferentes presas dentro de um apartamento por causa de um temporal, tenso né. Imagina então se cada uma delas tiver ainda um tipo de compulsão, mas tenso ainda. E se coisas estranhas começarem a acontecer e tudo sofrer uma grande reviravolta. Esse é o pano de fundo para a peça COMPULSÃO que está em cartaz no Teatro dos Grandes Atores na Barra da Tijuca e eu o seu querido aventureiro foi assistir a convite da Donna Água Natureza e vou resenhar sobre ela para vocês. 




A peça acontece dentro de um apartamento (sala comercial) antigo e na cidade está tendo um verdadeiro diluvio. Os quatro personagens ficam presos nessa sela e a trama se desenrola com a apresentação de cada um. NÃO VOU DAR SPOILER, MAS VOU FALAR APENAS UM POUCO DE CADA PERSONAGEM.  Os personagens são : MARY HELP, STUART, EDUARD e JANET. Que apresentam cada um a sua própria compulsão sendo que algumas todos nós fazemos (nem que seja um pouco). A peça mostra um lado divertido da compulsão de cada personagem. Mas o grande ápice da historia acontece quando os quatro começam a fazer a sua própria terapia de grupo e assim começam a revelar seus segredos íntimos. O mais engraçado da peça e que todos os personagens tem o seu momento para brilhar sendo que nenhum aparece mais que outro por ser mais conhecido ou ter uma historia de base melhor. E o bom de uma comedia e levantar gargalhadas do público e isso eles conseguiram e a peça cumpre a promessa de entreter o espectador. Vi até uma senhora na minha frente levando um pulo da cadeira por causa dos raios e depois cair na gargalhada por causa do susto




Então se você estiver pela Barra ou quiser assistir á uma peça boa corra para o Teatro dos Grandes Atores. Ela fica em cartaz até o dia 18 de dezembro, as sessões de quinta, sexta e sábado são às 21h e aos domingos às 20h. O valor é R$80,00 e o elenco é composto por Cacau Hygino, Rafael Zulu, Regiana Antonini e Simone Soares com o texto de Regiana Antonini e direção de Ernesto Picollo. Espero que vocês tenham gostado da resenha e até a semana que vem com a próxima resenha teatral. Um bjo e até a próxima aventura. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Meus Aventureiros