sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Turismo Exportativo



Oi aventureirosssssssssssss, estão gostando dos meus posts aqui no blog quase diários? Juro que esta sendo trabalhoso postar quase todo dia, mas acho que me deixa um pouco mais juntinho de vocês e faz que o blog tenha sempre conteúdo novo também. E o tema de hoje e sobre turismo novamente,  mas sobre turismo exportativo. Para quem não sabe turismo exportativo é aquele que envia o turista do seu local de origem para outro destino. Na verdade quase toda agência de viagens trabalha com exportativo e na maioria das vezes é nessa área que se consegue o maior lucro e também e onde se possui mais trabalho para montar um pacote exclusivo (pois o nível da pesquisa e trabalho e enorme). Principalmente se ele for internacional, vocês tem que conhecer muito bem a agência e o agente que vai estar realizando a sua viagem e é claro pesquisar sobre tudo no lugar que vocês vão (eu pelo menos sempre faço isso quando estou indo viajar ou montado os meus pacotes da Miguez tour). Eu ainda não consegui trabalhar com exportativo internacional apenas com o nacional, pois é bem mais fácil e menos complicado também e mesmo ele sendo nacional ele possui todo um charme. Pois eu não sei se vocês sabem mais eu tenho uma agencia chamada Miguez Tour que trabalha com viagens nacionais e excursões rodoviárias e é uma realização de um sonho meu. E eu já falei sobre ela em outro post aqui do blog. Mas voltando o turismo exportativo e onde as grandes agencias conseguem mostrar o seu potencial, poder e valor para conseguir realizar todos os desejos e sonhos dos clientes. Afinal não existe nada melhor do que você conseguir fazer aquela viagem incrível com um valor super camarada e ainda saber tudo do seu local escolhido não é verdade? Então amanha teremos um novo post sobre turismo. Só que dessa vez será sobre turismo receptivo. Espero que vocês tenham gostado desse post sobre turismo. Bjos aventureiros e até a próxima aventura.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

30 Coisas para fazer antes dos 30

Oi aventureiros, andei meio sumido essa semana mas estou voltando aqui para falar com vocês sobre uma lista que eu achei  na internet de 30 coisas para se fazer antes dos 30 anos. Para mim ainda faltam alguns anos mas algumas coisas da lista eu já fiz. Então vamos conferir a lista completa abaixo e vocês me digam depois se já fizeram algumas coisas dessa lista. 



1. Viagens sem nenhum conforto que incluem: colchões e travesseiros infláveis, barracas furadas e dormir dentro do carro.
2. Arrumar um bico ou um freela para juntar duzentos reais. E gastar a grana com o que VOCÊ QUISER.
3. Trabalhar por seis meses, juntar dinheiro e ir para a Europa ou para NY.
4. Terminar dois namoros, três casinhos, quatro amores platônicos.
4. Se declarar para um amigo. E depois perceber que realmente não era nada daquilo.
5. Achar que encontrou o amor da vida três vezes. E continuar sempre achando, até ele aparecer de verdade.
6. Esquecer que “amanhã é sexta” só para relaxar um pouco numa quinta-feira com os amigos no bar.
7. Raramente recusar um “happy hour”.
8. Escrever um livro. Mesmo que ninguém publique.
9. Nadar pelado. Andar pela casa pelado.
10. Explorar o sexo, respeitando os seus limites e do outro.
11. Aprender a se defender de covardias. Se fortalecer com os próprios medos.
12. Adotar um cachorro. Ou um gato. Depois mais um, depois outro.
13. Aprender a lidar com a saudade de perder um ente querido. Lembrando daquela pessoa todos os dias, rezando por ela e alimentando o coração de vontade de viver, porque, sim, ela ficaria orgulhosa de lhe ver assim.
14. Não ter medo de trocar de emprego, se o atual não está te fazendo feliz.
15. Perdoar quem te ofendeu.
16. Se envergonhar das vezes que não foi honesto na adolescência.
17. Aprender uma nova língua.
18. Ir ao show de uma banda que gosta muito quase sem nenhum centavo no bolso.
19. Consultar uma cartomante ou fazer seu mapa astral.
20. Realizar os seus primeiros desejos sexuais.
21. Comprar uma roupa que nunca vai usar, pensando que vai.
22. Pegar carona no guarda-chuva de um estranho.
23. Parar de se automedicar e ir ao médico.
24. Não adiar e nem esquecer consultas médicas.
25. Ligar mais para os seus pais. Ouvir mais os seus pais. Sua mãe tem razão.
27. Não fazer ideia do que fazer da vida e mesmo assim continuar tentando, buscando, caindo e levantando quatrocentas vezes. O quanto for necessário.
28. Aparecer na TV.
29. Plantar uma árvore.
30. E o mais importante: quando chegar nos 30, não diminuir a sua idade para os 29.



quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Que tipo de Turista você é?



Hoje o post começa com uma pergunta reflexiva que só quem pode responder somos nós mesmos. Há muito tempo eu venho querendo fazer esse post, mas não sabia como começar então resolvi começar com uma pergunta Aventureiros, que tipo de turistas vocês são?
Pelas minhas pesquisas (afinal sempre antes de fazer qualquer post eu dou uma olhada na blogsfera) eu vi que existem alguns tipos de turistas. Tenho que deixar claro apenas uma coisa que faz um grande diferencial. Sei que já falei isso antes aqui no blog, mas não custa nada relembrar  não é verdade. Então a definição de turista é uma pessoa que pernoita fora do seu local de residência num período superior a um dia e inferior a um ano com o propósito de praticar o turismo.  Esse é o turista. Já o viajante que não pernoita é excursionista. 

Sendo assim aventureiros existem alguns tipos de turistas que são denominados em grupos através do modelo de PLOG de 1987.

  •          - Alocêntricos: turistas com alto nível de confiança própria e que gostam de destinos muito exóticos e pouco explorados. Geralmente, lugares sem intervenção (ou quase nenhuma) turística.


  •          Mesocêntricos: turistas que gostam de certo conforto, mas, se permitem experimentar algo novo. Gostam dos lugares da moda e em ascensão. Este representa o maior grupo de turistas em todo o mundo.


  •          Psicocêntricos: turistas que não gostam de surpresa. Preferem viajar sempre para os mesmos lugares.

Há ainda os semi-alocêntricos e semi-psicocêntricos que se concentram no meio dos alocêntricos e psicocêntricos.

E agora o aventureiro e turismólogo aqui resolveu criar os seus próprios grupos de turistas. Então vamos a eles: 
  •          Muambeiro: que são aqueles turistas que pensam apenas em compras e compras o destino e sempre relacionado as compras  e a procurar o melhor preço para levar uma lembrancinha para aquela tia querida ou apenas para comprar e revender quando chegar à cidade natal ( em falar que somos todos um pouco muambeiro, eu pelo menos sou). 
  •          Ostentação: são aqueles que vão para os destinos mais badalados e ficam nos hotéis mais luxuosos e postam a cada 5 minutos uma foto diferente de um lugar mais lindo, caro e ainda ficam colocando na legenda: Vida difícil.
  •          Mochileiro: são aqueles que vão para 25 países em um mês (esses possuem total o meu respeito, pois eu admiro muito quem não toma banho direito mas conhece aquela cidadezinha do sul da França que faz o melhor queijo).
  •          Econômicos: são aqueles que viagem com toda a família dentro de um carro. Saem do Rio de Janeiro e vão até o Amazonas de carro apenas para não gastar dinheiro com as passagens de avião e hospedagens ( desculpe amigos, mas se eu fosse de carro do Rio até o Amazonas eu ia preferir pegar um avião, chegar no conforto e ainda ia sair mais barato, vocês não acham?).


Então aventureiros que tipo de turistas vocês são? Eu acho que somos um pouco de cada tipo de turista depende do momento da nossa vida e do que estamos sentindo e sim vale a pena aproveitar toda viagem como sendo uma especial afinal nunca sabemos o dia de amanha. E uma frase que eu li e gostaria de compartilhar com vocês é essa. Desejo que use a palavra explorar na melhor de suas definições e sempre que tiver dúvida se está agindo de forma correta, pare e pense que tipo de turista eu sou? Então aventureiros espero que vocês tenham gostado desse nosso post falando sobre os tipos de turistas e nunca esqueçam de sempre nos perguntarmos que tipo de turista nós somos. Bjos e até a próxima aventura!!!




terça-feira, 18 de agosto de 2015

Vamos falar sobre a Britney Spears

Oi aventureirossssssss, como vocês estão nessa bela tarde/noite de terça-feira (quer dizer estou escrevendo hoje terça-feira, mas não quer dizer que você seja obrigado a ler nessa terça) hoje estou trazendo um assunto um tanto quanto diferente no blog. Não é sobre viagem, nem turismo e nem as minhas aventuras (que em breve terão novas), mas sim sobre o poder de um sorriso do seu ídolo. 

Sei que o titulo da postagem e sobre a Senhorita Britney Spears e o que me levou a fazer esse post foi realmente ela. Há alguns dias atrás lá estava eu esse aventureiro que lhes escreve e vi um vídeo de um dos últimos show da Britney em Las vegas. E em umas das partes do show ela abriu um sorriso tão lindo e tão autentico que fez meu coração parar por alguns segundinhos (zoa), mas a emoção foi tão grande que eu precisava falar para alguém. E nada melhor do que vocês. Como vocês devem saber eu sou crazy about (alo Brasas, to usando idioms) Britney Spears. Eu me tornei fã desde o dia que meu tio Jorge comprou um cd anos 90 com as melhores músicas da época (eu deveria ter uns 8 anos) e lá estava ela na faixa 12 do cd cantando Baby One More Time ( que continua sendo a minha musica favorita e eu ainda aguardo esse cd comigo). Depois desse dia eu passei a procurar mais coisas sobre aquela voz doce e suave que eu havia gostado e ali estava surgindo uma paixão, um amor e uma admiração. Eu acompanhei todos os momentos da vida dela e ela da minha cada cd novo era uma etapa diferente na minha vida. Todos os trabalhos, os singles, vídeos clipes tudo me deixava cada vez mais apaixonado e em sintonia com o que eu estava vivendo na época (tanto das fazes boas as ruins) e eu ainda tinha que escutar critica sobre o fato dela usar playback ou ter recebido vaias no rock in rio #WHATEVER.



Mas amigos aventureiros, tudo mudou em 2007(uma fase de mudanças também na minha vida e na dela) e quando eu vi e fiquei sabendo da crise, um pedaço do meu mundo literalmente caiu naquele dia ( eu realmente fiquei triste e pensando em como uma pessoa conseguia suportar aquilo tudo sem surtar ou enlouquecer). Quando eu assisti as cenas no fantástico (acho que era fantástico mesmo) dela surtada raspando a cabeça, bebendo e sendo internada em uma clinica meu coração doeu muito e ali eu descobri que AMOR não era apenas uma coisa de homem e mulher e sim havia o amor de fã. Que é um amor especial e diferente puro e único (que somente quem tem um ídolo sabe o que eu estou falando). E aquele tipo de amor que te da forças quando você esta triste e que faz você mandar energias positivas mesmo estando a quilômetros de distancia da pessoa. E  quando ela foi voltando a vida (não que ele estivesse morrido) e foi seguindo mesmo com todos os problemas e a mídia atrás dela e foi se dedicando a carreira e aos filhos eu me senti mais feliz ainda de ter escolhido essa mulher como meu ídolo pois ela esta mostrando que nem em todos os momentos das nossas vidas nos somos e precisamos ser FLAWLESS para existir .

Acho que eu nunca falei sobre isso com ninguém sabe. E muita gente pergunta de quem você é fã ou se você tem um ídolo e eu sempre respondo Britney, por mais que eu também goste de outras cantoras ela sempre estará na ponta da língua quando eu falo sobre musica e mesmo que sempre tenha as piadas como a ela é muda, não dança, nem parece à mesma pessoa de 2002. Eu só digo uma coisa: Imagine você ter passado por tudo que essa mulher, mãe de dois filhos lindos passou e ainda estar aqui fazendo sucesso, estando linda, magra e loira com uma residência de show lotada em todos os seus 100 shows e ganhando prêmios e movimentando a economia de uma cidade e fazendo com que o turismo cresça em 140% apenas para vê-la. Pensa bastante e diga qualquer coisa antes de criticar uma pessoa que passou por tudo o que ela passou. E se ela não dança como antes, não canta e usa playback isso nem me importa. O que me importa realmente e ver o sorriso no rosto dela com o olhar dizendo obrigado por estarem comigo em momentos difíceis. E até surgiu uma frase famosinha na internet que é essa aqui: Se a Britney sobreviveu a 2007, você pode sobreviver esse dia. Que diz que mesmo que tudo esteja muito complicado o sol sempre vai brilhar de manha.


Sabe aventureiros eu precisava desabafar (e como eu escrevi) um pouco sobre isso com vocês até também para entrar em uma campanha que eu estou começando a fazer agora que é sobre qual é a viagem dos seus sonhos?  A minha viagem seria... Isso já é assunto para outro post. Amigos, espero que vocês tenham gostado desse meu pequeno desabafo sobre como eu me sinto em relação aquela menina esperando o sinal da escola tocar com as meias três/quartos. E vou deixar aqui agora para vocês uma música claro para animar o post e a terça-feira de vocês. Bjos e até a próxima aventura.





segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Redes sociais do blog




Oi aventureiros hoje estou vindo aqui falar sobre todas as redes sociais do blog. Sei que vocês já devem saber que eu possuo todas, mas e sempre bom estar relembrando caso vocês queiram entrar em contato comigo (me seguir) e saber o que eu estou fazendo ao longo do dia. Vou confessar para vocês que é muito complicado dar conta de tudo, mas eu sempre consigo. E outra coisa aventureiros, não sei se já falei sobre isso com vocês mais agora eu criei um e-mail que assim fica mais fácil de vocês entrarem em contato comigo para mandar sugestão, critica ou solicitar alguma parceria ( que por falar nelas estou aberto a parcerias, caso alguém tenha interesse basta vir falar comigo). Então amigos irei deixar aqui em baixo todas as minhas redes sociais e acabei de criar também uma # que assim caso vocês postem alguma coisa sobre as dicas que eu dei ou algum lugar turístico que vocês gostem usem para eu saber e curtir a foto de vocês no ista. Ok? Então aventureiros hoje o post foi rapidinho, mas bem importante. Amanha tem post novo e novidades ao longo dessa semana. Então bjos boa segunda-feira e até a próxima aventura!!! #aventurasde1turismologo 


·        Instagram:  https://instagram.com/yurimiguez 
·         Twitter:  https://twitter.com/YuriMiguez
·         Snapchat: yurihmiguez
·        hashtag:aventurasde1turismologo
·         E-mail: aventurasde1turismologo@gmail.com
 



quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Música do Turismólogo


Bom dia aventureiros, vamos animar essa quarta-feira com a minha set-list dessa semana? E deixa eu falar uma coisa ela está mais eclética do que nunca e também enorme ( pois agora estou fazendo esse post mensal, assim fica melhor de separar as músicas que eu mais gostei do mês que acabou). Estava pensando em criar uma conta no spotify e postar sempre a minha set-list lá. O que vocês acham?  E outra aventureiros, vocês estão gostando dos videos lá do nosso canal? Em breve teremos um vlog especial sobre um roteiro para se fazer na Zona Norte do Rio de Janeiro. Não quero ficar adiantando as novidades mas tem coisas boas vindo por ai e inclusive vários sorteiros. Essa semana ainda vou falar um pouco mais sobre eles nas minhas redes sociais então fiquem ligados nela para acompanhar tudo e agora sim vamos a minha seleção musical desse mês. Espero que vocês gostem bjos e até a próxima aventura!!!
            


         


     











sábado, 8 de agosto de 2015

Vlog- Alfabeto Fonético

Oi aventureirossssssssssssssssss, nossa quanto tempo não vinha aqui divulgar um vídeo novo para vocês. Hoje eu estou vindo aqui falar sobre algumas novidades no mês de agosto aqui do blog e também para fazer uma pergunta: Vocês sabem o que é o alfabeto fonético? Não? Então da play no vídeo para saber sobre o que eu estou falando e é claro temos também o próprio alfabeto aqui embaixo eu espero realmente que vocês gostem do vídeo e das novidades que estão vindo aqui no blog também. E não se esqueçam de dar like no vídeo para eu saber o que vocês estão achando e de me seguir nas redes sociais para ficar por dentro de todas as novidades do blog. E como vocês já sabem sábado que vem tem vídeo novo. Então ate sábado aventureirossssssssss bjos e até as próximas aventuras.



                     

Então amigos vocês já usaram ou sabiam desse alfabeto? E para quem ainda ficou com duvida segue abaixo o alfabeto fonético:
A = Alfa
B = Bravo
C = Charlie
D = Delta
E = Eco
F = Fox
G = Golf
H = Hotel
I = Índia
J = Juliete
K = Kilometro (Kilo)
L = Lima
M = Mike
N = November
O = Oscar
P = Papa
Q = Quebec
R = Romeo
S = Sierra
T = Tango
U = Uniforme
V = Victor
X = X-Ray /Xadrez no Brasil
Y = Yankee
W = Wisky
Z = Zulu

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Aventuras de um Turismologo Na Faculdade


Oi aventureiros vamos continuar a nossa segunda parte das minhas aventuras da faculdade? Para quem ainda não lembra, eu já falei dos meus primeiros semestres da faculdade em outro post aqui. E agora vou continuar a falar sobre as minhas aulas na faculdade, sei que demorei um pouco para falar mais e que atualmente ando fazendo tantas coisas que esqueci completamente de postar a segunda parte aqui das aventuras. Mas então vamos a elas aventureiros. 



III semestre 
 O meu terceiro semestre começou com a escolha de seis disciplinas, pois eu já sabia que esse seria um semestre longo por causa do evento que eu teria que realizar então eu escolhi as seguintes matérias:

Cerimonial e Protocolo - que mostra como funciona a vida de um cerimonialista e todos os protocolos existentes para eventos (que iam desde batizados até os jantares na casa da Presidenta, claro que não teve mais ensaiávamos como se estivéssemos lá) além-claro de saber todas as normas de etiqueta novamente.     

Transporte II- que complementava a disciplina transporte I e onde apresentava ainda mais sobre como funcionava as excursões rodoviárias, viagens de trem pela Europa, navios de cruzeiros e é claro ainda tinha a experiência de uma professora incrível que é guia internacional.
 História da arte - nessa matéria tivemos um ótimo professor ( a matéria era super difícil, mas eu gostava tanto dele que ele transformava ela em fácil, abraços Hachid, se algum dia você ler o meu blog) aprendi sobre  várias artes relacionadas ao turismo cultural e sobre todas as eras culturais que passamos ao decorrer do ano e foi nessa aula que divulgando o nosso evento rolou uma dancinha muito constrangedora minha com alguns amigos ( se eu achar eu posto o vídeo aqui para vocês). 
 Animação Turística: eu realmente não entendi a necessidade dessa disciplina, mas como eu realmente teria que aprender como funciona a vida de um profissional que trabalha com animação turística que nem sempre é um animador.
Eventos II: esse foi o melhor evento que a faculdade já viu. Tivemos até escola de samba. Foi tudo tão lindo ( fora as brigas)

Administração de Empresas Turísticas: afinal não são só de viagens e de famtour que vivem nós os turismologos. Sim amigos tive que estudar bastante sobre administração de empresas e foram tantos cálculos que eu quase surtei.
IV Semestre
No meu quarto semestre algumas coisas estavam mudando afinal o fim da faculdade estava se aproximando e o fantasma da monografia estava começando a me assombrar, mas eu já sabia sobre o que eu iria fazer e nem falei para vocês a surpresa que me aguardava no final desse semestre.
História do Brasil: pois é, não falei que eu não gostava de história. Não gostava que tive que fazer novamente essa matéria e dessa vez eu consegui passar.

Agenciamento I: o amor pelo agenciamento começou aqui, comecei a trabalhar com siglas dos aeroportos de mundo todo e a começar a fazer e a aprender a como montar um tarifário digno de um agente competente.

Geografia Aplicada ao Turismo: afinal o que seria de um turismólogo se ele não soubesse geografia.

Inglês I: amigos sempre falei muito bem inglês, só que esse inglês era técnico igual ao espanhol. E imagina a minha cabeça misturando as duas línguas nas horas das provas orais eu sempre invertia tudo (afinal sou meio doidinho).

Espanhol II: e voltou a aula com a professora colombiana que não ia com a minha cara (já cheguei a falar que eu não conseguia entender nada o que ele falava, por causa do sotaque da Colômbia dela?)

Informática Aplicada ao Turismo: aqui aprendi a mexer no Sabre que em breve será um tema aqui no blog para vocês. E o sabre facilita muito a vida dos agentes na hora de procurar qualquer passagem área.

Estatística Aplicada ao Turismo: e novamente mais um pouco de matemática.



V semestre
No meu quinto semestre uma coisa enorme aconteceu (na verdade duas) a minha faculdade foi mudada para Ipanema e eu comecei a estudar na Zona Sul (que eu tenho que confessar) que foi a melhor época de estudos, tudo bem que eu acordava muito cedo, mas eu adorava estudar em Ipanema, pois só de você poder olhar aquela vista maravilhosa da Lagoa Rodrigo de Freitas todos os dias valia a pena acordar as 4h40 da manhã, além claro de todo aquele glamour que Ipanema oferece e além disso tudo nesse semestre eu ainda passei por uma greve e fiquei algumas semanas sem aula. Nesse novo campus de Ipanema as minhas matérias foram: 
Empreendimento Temáticos: essa matéria eu adorei, pois me remetia a grandes eventos como os que estão por vir agora para a nossa cidade.

Hospedagem I : aqui eu aprendi como funciona a vida de um hotel.

História da Cultura: não falei que teria ainda bastantes aulas de historia, afinal um turismólogo é quase um historiador.
Inglês II: mais um pouco de inglês técnico 
Agenciamento II: e aqui o amor continuou agora um pouco mais serio e com mais tarifários ainda.

Planejamento e organização do Turismo II: já falei sobre ele antes o POT era uma matéria chata voltada mais para a politica e sinceramente eu nunca gostei e nem gostaria de trabalhar nessa área.

Ecoturismo: acho que nem preciso falar o que é. Tivemos aula de turismo ecológico e toda as nuances que ele abrange.
VI semestre
O meu penúltimo semestre também foi atrasado por causa de algumas outras semanas de greve e eu descobri que teria que fazer mais um semestre, pois teria que repetir uma matéria e por causa disso eu resolvi deixar o estagio supervisionado para o meu ultimo semestre e me concentrar no TCC nesse para fazer um trabalho ótimo (foi tão bom que tirei nota 8 e o assunto vocês nunca vão imaginar eu acho pelo menos, foi a Vida Noturna da Lapa, existe tema mais a minha cara? ) e nesse 6 período as meterias foram: 
Psicologia aplicada ao turismo: gente essas foram às aulas mais loucas que eu tive a começar pelo nome do professor que era Formiga, a turma era grande em uma sala pequena e eu NUNCA PENSEI que fosse estudar psicologia na vida, mas foi engraçado saber como a mente funciona.


Economia: mais uma vez para vocês que acham que só porque somos de humanas não temos matemática. Tive e foram muitas aulas. 


Recursos Humanos: adorava as aulas de Rh, me sentia como um grande chefe entrevistando varias pessoas, o bom dessas aulas foi que o professor ensinava a gente a como se comportar em uma entrevista de emprego, o que teríamos que falar como agir e como se portar nela. E RH é outra área que eu gostaria de trabalhar também e sem falar que foi com um super professor, o Nelson saudades dos conselhos dele e dele falar que eu e o meu grupo so vivíamos comendo. 


Hospedagem II: nessa hora eu descobri que não servia para trabalhar em hotel. Essa matéria e a continuação de hospedagem I que eu tive no outro semestre.


Termino de Conclusão de Curso: aqui foi o caso de amor mais serio que eu tive (desculpe mozão), mas a minha monografia foi incrível e eu realmente fiquei noite acordados escrevendo e lendo e pensando e querendo que tudo desse certo e no final deu e ficou mais perfeito do que eu imaginava sem falar claro com a ajuda da professora que era incrível e parecia uma vozinha gótica sempre com os seus lápis de olhos pretos e um sorriso no rosto. 
VII Semestre
E finalmente chegou o grande dia do meu último semestre e graças a Deus e a muita perseverança eu consegui me formar e entregar todos os trabalhos e me dedicar 100% a faculdade. Nesse ultimo semestre eu ainda tive algumas mudanças, pois comecei a estudar a noite no Centro do Rio e a faculdade enfrentou novamente uma crise muito seria. E as matérias para eu terminar com chave de ouro foram:

Marketing turístico: afinal todo destino turístico precisa de um marqueteiro para divulgar o local


Estagio Supervisionado : é aqui onde tudo sobre o que eu aprendi no estagio e passado para papel e entregue ao professor em formato de trabalho. 
E assim acabou a minha faculdade e as minhas aventuras, claro que eu só falei das disciplinas e não falei sobre realmente como foi o dia-a-dia da faculdade mais já da para vocês terem uma noção de como foi e como é a faculdade. Claro que algumas matérias mudam por instituição, mas a essência e a mesma e o principal e que vocês se iram se tornar turismólogos igual a mim. Então aventureiros chegamos ao fim dessa nova aventura
https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Aponta para a fé e rema !!!


Acordei espirrando. Depois que espirrei, me engasguei e fiquei tossindo por uns 10 minutos. Bom, tá aí uma forma inusitada de começar o dia. Aí, meio sonolenta, ando – ou melhor, me arrasto – até o banheiro e chuto, com toda a minha força, a quina da porta com o pé. Momentos de dor, muita dor. Muitos xingamentos. Aquele “po***!” único e eficaz em demonstrar o que senti. (Mas ainda bem que não foi com o mindinho!).
Já horas depois, andando pela rua, meio mancando ainda por causa da dor, peguei o celular para responder uma mensagem. Compenetrada na tela do telefone, não olhei para frente e dei de cara num poste. Não me machuquei, foi mais um susto que qualquer outra coisa. Passeio, ainda, pelas ruas e olho para o céu. Nuvens branquinhas se intercalavam em grandes intervalos de tons de azul. Senti o sol iluminando o rosto, o vento frio varreu da face todos aqueles momentos de ‘azar’ no dia.
Já falei várias vezes aqui sobre os Los Hermanos e também sobre um verso deles que eu adoro: “aponta pra fé e rema”. Gosto tanto dessa fala por muitos motivos; porque nem tudo dá certo sempre, porque existem dias ruins,dias daqueles. E nesses dias a gente tem direito de sentir frustração, raiva, tristeza. A gente tem o direito desentir, o que quer que seja. Contudo, mais importante ainda, é entender que outro dia virá depois daquele e, com coragem, vivendo um dia após o outro, as coisas se encaminham pra algo melhor. (Que fique claro: não pretendo que isso soe como auto ajuda nem terapia pra ninguém – já diria uma música da qual nem lembro o nome: “I’m not a self help book, I’m just a fucked up kid”. É mais uma note-to-self mesmo, porque eu preciso me relembrar constantemente de manter a cabeça erguida e criar coragem de ultrapassar – as minhas próprias – barreiras. Esse é o meu jeito de lembrar, relembrar e agir.). Apontemos pra fé e rememos.

Texto escrito por Carla Mereles e Retirado do site Uma boa Dose

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Welcome Agosto !!!

Bom dia amigos será mesmo que agosto é o mês do desgosto? Ou a pessoa que inventou isso estava tendo um dia péssimo e resolveu descontar tudo nesse mês lindo que começa o novo semestre do ano. Eu não acho que Agosto seja um desgosto, pois eu adoro que após ele chega setembro e seus feriados e outubro com o meu aniversario. Agosto que você comece radiante, lindo e cheio de novidades e surpresas para todos os meus aventureiros. E começando por uma sábado teremos um vídeo bem especial aqui no canal. Fiquem ligados para saber sobre tudo amigos. Bom dia e bem vindo agosto.

Meus Aventureiros