quarta-feira, 9 de abril de 2014

Aventuras de um Turismólogo no Bondinho do Alemão

Oi amigos, estão preparados para mais uma aventura vivida? Hoje vamos falar sobre a minha aventura no Bondinho do Alemão. Desde que eu comecei o blog essa iria ser a minha primeira aventura, porem achei melhor começar pelo mirante da paz. Eu prometo escrever mais sobre as aventuras e já tenho até alguns temas em mente. Espero que vocês gostem dessa minha aventura. 


Aventuras de um Turismólogo no Bondinho do Alemão 


Como de costume fui durante a semana (sempre procuro ir a pontos turísticos durante a semana por ser mais vazio e para poder aproveitar mais sem filas) marquei com o Erick e fomos numa quarta-feira por volta das 16h. Como o transito estava muito ruim no dia chegamos à estação do trem de Bonsucesso por volta das 17h30 (para chegar ao bondinho  tivemos que soltar do ônibus na estação de Bonsucesso e ir até o ponto de partida inicial do teleférico) subimos as escadas da estação e compramos o bilhete para o teleférico ( o bilhete custou R$5,00 para ir e mais R$5,00 para voltar para cada um) e subimos mais um pouco acho que mais uns 2 andares até chegar ao ponto inicial. Passamos pelas catracas do bondinho e esperamos ele chegar. Uma pequena filinha se formou, pois o bondinho não para (ele somente reduz um pouco a velocidade e você tem que ir ao encontro dele rápido) então fiquei com medo de ir a um e o Erick em outro. Porém nada disso aconteceu, fomos no mesmo bondinho e com mais quatro pessoas juntos (um por sinal escutando funk-melody, gente minha visita tinha até música ambiente, rs).


Vista de dentro do bondinho 


Acho que sensação de andar no bondinho é única, ele da uma leve arrancada para pegar impulso então consequentemente ele balança.  É bastante confortável e você pode ir em pé ou sentado, na primeira estação eu fui de costas então não via quase nada. Como as pessoas vão descendo conforme as estações vão passando eu já estava de frente na ultima. E uma viagem gostosa e bastante alta ( muito alta, principalmente para quem tem medo de altura). Ao total o bondinho passa por seis estações e tem sempre um movimento nelas de gente saindo ou entrando. Eu notei que na estação do Alemão e Itararé foi onde mais pessoas soltaram e entraram também. Ao todo o bondinho (gente desculpa chamar ele assim, o nome real e teleférico, mas eu prefiro chamar de bondinho não sei por que) tem seis estações que são: A de Bonsucesso que acaba sendo o ponto de embarque e desembarque, a estação Adeus, Baiana, Alemão, Itararé e Palmeiras (todas elas têm uma decoração similar ao nome). Sendo que na estação palmeiras o desembarque e obrigatório e a vista é linda. Ela possui mirante e você consegue ver todo o entorno da favela. 
A rotação do bondinho para as pessoas entrarem. 
Vista do entorno da favela 


Agora vendo de um lado turístico (pois e para isso que estamos aqui) o bondinho (teleférico) leva um atrativo moderno, barato e útil a população que acaba utilizando como meio de transporte para chegar ao topo do morro ( que por sinal é muito alto e eu ainda não consegui entender como as pessoas chegavam lá em cima, eu que vivo atrasado teria que sair de casa 2 horas antes). O bondinho leva as pessoas a viver nem que seja por 30 minutos (a viagem de ida levou 15 minutos) a realidade de uma favela. Como são as casas, as ruas, a movimentação de pessoas e a vista. No dia que eu fui já estava anoitecendo quando eu cheguei lá em cima então eu vi a cidade acendendo e foi um visual lindo (pena que eu perdi a maioria das minhas fotos no celular em outubro e só consegui salvar algumas que eu já tinha passado pro pc e colocado no instagram por sinal, me segue lá é o @YuriMiguez) .  

Eu e o Erick ( roubei essa foto do meu instagram) 



Quando estávamos na estação eu reparei um grupinho de turistas no mirante, que é muito lindo e é lá também que fica a unidade da UPP. Resumindo tudo à aventura foi boa e eu já estou com vontade de voltar lá. E vocês também ficaram com vontade de ir? Se vocês forem me avisa ok?



Agora vamos a algumas dicas para aproveitar o bondinho melhor.

Dicas de um turismólogo para aproveitar melhor o Bondinho do Alemão 




- Se vocês estiverem no centro da cidade a melhor forma de chegar no bondinho e ir de trem até a estação de Bonsucesso ( basta pegar na Central do Brasil o trem do  Ramal Saracuruna) 


- Comprar o bilhete de integração trem+ teleférico ou utilizar o bilhete único 


- E em ultimo caso vocês podem entrar em contato com o site Visita Guiada ao teleférico. Eles funcionam realmente como guias bilíngues que estarão com vocês até o final do trajeto e ainda vão explicar todos os momentos e informar a criação toda do teleférico. Aqui o site deles.  Visita Guiada



Então amigos foi isso, mais tarde terá outro post especial. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Meus Aventureiros