domingo, 11 de novembro de 2018

Carta Aberta


Fala aventureiros, tudo bom:  Estava com saudades de escrever para vocês e desabafar um pouco. Como vocês estão: O que andam fazendo: Ainda estão entrando aqui: Sabe muita coisa aconteceu na minha vida nesses últimos meses, muita coisa ruim, algumas coisas boas e outras que fizeram com que eu quase desistisse de tudo pelo que tanto venho batalhando.  Sabe quando algo diz que a sua vida vai dar uma virada de 360 graus e você acha que será para a melhor, só que tudo aquilo que você pensou e planejou não acontece da mesma forma que você pensou que seria.
 Então isso que aconteceu na minha vida. Como vocês já devem saber eu fui demitido do meu emprego (sim eu além da Miguez Tour, também trabalhava em um curso de inglês há 6 anos e de uns tempos pra cá comecei a me sentir um peixe fora d’água, tem dias que ficamos assim não é e lá na minha ex empresa eu já estava me sentindo assim há muito tempo e então em abril desse ano fui demitido) algo dentro de mim dizia que coisas muito boas iam acontecer na minha vida (talvez a partir de hoje eles realmente possam vir a acontecer), mas até agora nada do que eu realmente imaginava aconteceu.
Vocês acham que confiamos demais no destino e esquecemos de pensar no nosso futuro ou apenas eu que sou assim: Sabe acho que o grande problema da minha vida e que eu sou muito sonhador (e libriano, nos librianos sonhamos demais), faço muitos planos e sonhos e quando as coisas não acontecem eu acabo ficando realmente mal, chateado e frustrado. De todos os problemas que acontecerem desde que eu sai da empresa foi que, algumas viagens não fecharam, não consegui o meu auxílio desemprego que é um direito meu, minha ansiedade voltou, não consigo dormir direito, estou com um bloqueio criativo ferrado e não consigo pagar minhas contas. Todo o dinheiro que recebi do FGTS foi uma boa parte para pagar contas e o que eu teria para guardar tive que usar com as outras contas.
Sabe porque algumas oportunidades são tão difíceis para algumas pessoas e tão tranquilas para outras, as vezes fico me perguntando onde foi que eu errei e se esse é realmente o propósito da minha vida. (para vocês terem uma noção até o meu editor de vídeos parou de funcionar). Eu já tenho 27 anos e não conquistei nada do que eu desejava para a minha vida, não vou falar que queria estar rico curtindo em Paris, mas queria não precisar me preocupar com a situação que a minha vida se encontra ou deixar os meus pais preocupados, existe também um grande problema de qual legado você quer deixar para os seus filhos e isso também me frustra. 
Há muito tempo eu tenho pensando em escrever o que vem no meu coração e ir mesclando com informações sobre turismo aqui no RJ e da essa modificada no blog, ter um foco maior aqui no RJ, ter um foco de quem é negro e vive no subúrbio com pouco dinheiro. Sabe aventureiros eu só quero que realmente as coisas melhores para todos, que ano que vem seja um ano abençoado para o nosso país e para mim também, que eu consiga realizar um terço do que planejo na minha mente, que eu consiga voltar a escrever aqui pra vocês (mesmo que ninguém leia, comente ou veja) aqui será a minha terapia mesclada com o turismo que eu sempre amei e respeitei, mas sei que até ele hoje me olha com outros olhos. Não sei se vou realmente postar esse texto, mas queria desabafar e dizer que não abandonei o blog apenas não me sentia bem de compartilhar coisas quando eu não estou bem assim para escrever. Espero que vocês entendam que aos poucos estarei voltando pra cá e compartilhando com vocês dicas e novidades sobre turismo e sobre o Rio de janeiro, essa semana irei fazer posts para vocês todos os dias um post ou vídeo diferente assim vou voltando a escrever de pouquinho em pouquinho até eu me sentir melhor para voltar de vez. Me desculpe por esse desabafo e coisas melhores estão por vir para todos nos.
Um beijo e obrigado por tudo!!!




sexta-feira, 22 de junho de 2018

O que a Copa influencia na nossa vida ?


Fala aventureiros, tudo bom? Acho que hoje o assunto do post pode ser um pouco polemico (não iremos falar sobre mamilos, mas sim da Copa do Mundo). Como vocês estão nessa Copa, animados ou querendo que termine logo para que a vida continue como estava antes (meu caso). O meu mundo não está e não vai parar por causa de alguns jogos de futebol (desculpa Neymar), mas nenhum gol que você faça não vai influenciar em nada na minha vida. Podem me chamar de antipatriota, mas pensa comigo qual é o prazer de se juntar em frente a uma tv e ver um jogo de futebol que está acontecendo em um outro lugar (quando foi aqui no Brasil, tentei ficar animado, mas não consegui entender algumas coisas (e olha que não estou falando sobre a corrupção por detrás dos jogos), talvez o problema seja meu né não?). Talvez as pessoas gostem tanto da Copa por ser uma fórmula de escape de tudo de ruim ou corrupto que anda acontecendo no nosso país só pode ser né.

Sinceramente não entendo como um esporte pode juntar tanta gente e fazer com que eles esqueçam de tudo que está acontecendo na cidade, sim o Brasil pode ganhar, mas o que isso vai influenciar na nossa economia, na nossa saúde ou no turismo da nossa cidade. Quando eu era pequeno eu curtia e gostava de assistir os jogos, porém depois de um tempo percebi que não fazia muito sentido torcer (como as pessoas curtiam e gritavam e choravam) por uma coisa que eu não ligo (pode ser também porque tenho uns traumas com futebol, fui obrigado a fazer aulas quando era pequeno e isso me amedrontava), pode ser por isso que talvez eu prefiro ficar no meu quarto escrevendo do que na sala com meus tios e tias berrando e sofrendo por um jogo de futebol que está acontecendo na Rússia.

Sei também que o brasileiro é conhecido internacionalmente como muito animado, acalorado, exibido e completamente sem noção como foi o caso daquele brasileiros FDP que gravaram o vídeo com uma russa falando coisas obscenas sobre ela, na verdade acho que eles não são apenas sem noção são homens babacas, brancos e que se acham privilegiados pelo dinheiro que possuem em suas carteiras e por causa disso acham que podem fazer o que bem entenderem com as pessoas. Esse com certeza é o pior tipo de torcedor brasileiro.

E você aventureiro, qual o tipo de brasileiro na copa você é? Acho que o tipo de brasileiro na copa é igual aos tipos de turistas que existe. Que amam torcer apenas na rede social, os que gastam indo para ver os jogos no país da copa, os que vão para os bares, fazem festa em casa e os que são iguais a mim e não estão muito animados com a Copa. E vocês aventureiros que tipo de brasileiro na copa vocês são? Desculpem esse post desabafo, mas é que eu precisava compartilhar com vocês a minha opinião sobre a Copa. E agora poderemos voltar a nossa programação normal de post (vai ter um post com algumas dicas para vocês que curtem assistir os jogos fora de casa e em lugares diferentes. Então aventureiros, uma boa sexta-feira para vocês.



Meus Aventureiros